Publicações Técnicas

Mapeamento Nacional GHAV -2023 – Relatório Preliminar – Relatório Preliminar com a lista das 498 iniciativas, programas ou grupos para homens autores de violência contra mulheres mapeados no Brasil, desenvolvida a partir da pesquisa de mapeamento nacional exaustivo realizado em 2023 pelos/as Pesquisadores/as: Prof. Dr. Adriano Beiras, Ms. Daniel Fauth Martins e Ma. Michelle de Souza Gomes Hugill. Uma parceria entre o Grupo de Pesquisa MargensDepartamento de Psicologia/UFSC e o COCEVID (Colégio de Coordenadores da Mulher em Situação de Violência Doméstica e Familiar do Poder Judiciário Brasileiro). 

 

 

 

 

 

 

Parecer técnico elaborado por solicitação da Banca Feminina da Assembleia Legislativa de Santa Catarina, em 22/05/2023, a fim de subsidiar a tramitação do Projeto de Lei Estadual n. 0014/2022, que estabelece princípios e diretrizes para criação de programas reflexivos e de responsabilização para autores de violência doméstica e familiar contra a mulher.

Pareceristas: Prof. Dr. Adriano Beiras, Ms. Daniel Fauth Martins, Ma. Michelle de Souza Gomes Hugill, Dr. Ricardo Bortoli, Ma. Naiara Brancher, Simão Barão Junior, Matheus Ramalho

 

 

 

 

 

MAPEAMENTO DAS AÇÕES COM HOMENS AUTORES DE VIOLÊNCIA CONTRA AS MULHERES EM SANTA CATARINA – Relatório do mapeamento exaustivo realizado no Estado de Santa Catarina, em 2022 pelos/as Pesquisadores/as: Prof. Dr. Adriano Beiras, Ms. Daniel Fauth Martins e Ma. Michelle de Souza Gomes Hugill e Dr. Ricardo Bortoli . Uma parceria entre o Grupo de Pesquisa MargensDepartamento de Psicologia/UFSC e o PJSC (Poder Judiciário de Santa Catarina)

 

 

 

 

 

 

Parecer técnico elaborado por solicitação da Banca Feminina da Assembleia Legislativa de Santa Catarina, em 4/4/2022, a fim de subsidiar a tramitação do Projeto de Lei Estadual n. 0014/2022, que estabelece princípios e diretrizes para criação de programas reflexivos e de responsabilização para autores de violência doméstica e familiar contra a mulher.

Pareceristas: Prof. Dr. Adriano Beiras, Ms. Daniel Fauth Martins e Ma. Michelle de Souza Gomes Hugill

 

 

 

 

 

 

 

Mapeamento nacional das iniciativas, programas ou grupos para autores de violência contra mulheres 2020 – Lista nacional de 312 iniciativas, programas ou grupos para homens autores de violência contra mulheres, desenvolvida a partir de pesquisa de mapeamento nacional exaustivo realizado em 2020 pelos/as Pesquisadores/as: Prof. Dr. Adriano Beiras, Ms. Daniel Fauth Martins e Ma. Michelle de Souza Gomes Hugill. Uma parceria entre o Grupo de Pesquisa Margens, Departamento de Psicologia/UFSC e o COCEVID (Colégio de Coordenadores da Mulher em Situação de Violência Doméstica e Familiar do Poder Judiciário Brasileiro). 

 

 

 

Recomendações para homens com antecedentes de violência contra mulheres durante o isolamento – traduzidas e adaptadas pelo Prof. Dr. Adriano Beiras (Núcleo Margens) e pela Profa. Dra. Luciana Zucco (Nusserge) com apoio do Instituto Noos

Documento de recomendações traduzidas e adaptadas a partir do documento elaborado pela Associação Conexus – Atenção, Formação e Investigação Psicossociais e Generalitat Catalunya (Barcelona, Espanha). De igual maneira, tal documento foi adaptado tomando por base os seguintes textos: “Crisis Corona: Kit de supervivencia para hombres bajo presión” de maenner.ch, “Take a timeout!” de Respect Phoneline e “COVID-19 and violence against women: What the health sector/system can do”, da OMS.

 

 

Metodologia de grupos reflexivos de gênero – Prof. Dr. Adriano Beiras (Núcleo Margens), Me. Alan Bronz e Instituto Noos.

Descreve os pressupostos e a sistemática básica para realização dos grupos, e abre possibilidade para que aqueles que desejem atuar como facilitadores(as) ampliem seus conhecimentos e aperfeiçoem sua prática desta complexa e delicada tarefa de facilitação.

Leia a resenha

 

 

 

 

 

Projeto “Tirinhas temáticas” – Recomendações para homens com antecedentes de violência contra a mulher durante o isolamento

Em virtude dos 15 anos de Lei Maria da Penha, comemoramos essa conquista da sociedade brasileira, por meio dos movimentos feministas e de mulheres, com a produção de um material educativo sobre “Recomendações para homens com antecedentes de violência contra mulheres durante o isolamento”.

Confira o documento completo AQUI. Boa leitura!