Sobre o Margens

09/11/2010 11:58

Estudos referentes à análise das trajetórias dos sujeitos que vivenciam as mudanças de seus modos de vida em função do processo de urbanização de seus espaços de vida e trabalho da Ilha de Santa Catarina, têm tido repercussões, que ficaram mais evidentes com a publicação de livro, artigos e a edição de vídeo sobre o processo. Estes estudos se ampliaram para a Grande Florianópolis incluindo as periferias dos municípios que formam área de conurbação com a capital de Santa Catarina. Em função de projetos de mestrandos com recortes específicos, as pesquisas sobre gênero, gerações e subjetividades, abrangem atualmente também camadas médias das populações que vivenciam os processo de urbanização. 2) Os projetos de pesquisa desenvolvidos nos últimos dois anos permitiram o aprofundamento da compreensão de questão relacionadas à vida sexual e reprodutiva, centrando-se em temáticas como: paternidade e masculinidade, sexualidade na adolescência, relações amorosas entre jovens universitários, organizações familiares contemporâneas. O esforço despendido na direção da investigação de populações masculinas tem se mostrado frutífero na medida em que permite a compreensão destes universos, tanto no que diz respeito aos aspectos comportamentais, quanto aos conteúdos simbólicos. A articulação com outros grupos de pesquisa que abordam estas temáticas vem sido estreitada. A elaboração de projeto multicêntrico em parceria com o programa PAPAI/UFPE prevê a extensão em cinco capitais brasileiras de investigação sobre as práticas sexuais dos adolescentes, com ênfase nos comportamentos preventivos. Os resultados têm sido divulgados através das dissertações concluídas, dos relatórios, de apresentações em congressos, de artigos publicados e encaminhados para revistas científicas e de capítulos de livros.